Ossada humana encontrada em terreno em Passo de Torres é liberada para família

Homem estava desaparecido desde 2015, ossada foi encontrada em 2016 e liberada na semana passada após ser confirmado DNA da vítima

Ossada humana encontrada em terreno em Passo de Torres é liberada para família

Uma ossada humana foi encontrada em uma área de banhado, na praia de Bella Torres, na tarde do dia 23 de outubro de 2016. Naquela tarde de domingo, neste terreno alagado ao lado da casa construída pelo desaparecido e seu companheiro, os familiares ainda buscavam pelo corpo de Dorival Maricá de 51 anos, quando se depararam com alguns blocos de pedras que ao serem removidos mostrou vestígios de ossos humanos. A informação foi confirmada instantes depois, quando as Polícias Civil e Militar foram até o local e encontraram os restos mortais. O Instituto Médico Legal de Araranguá foi acionado e fez o recolhimento do cadáver.

Na época, a suspeita era de que os retos mortais pertencessem a Dorival que era pedreiro e que estava desparecido desde junho de 2015, na mesma localidade. A afirmação foi da própria família da vítima que acreditava em assassinato.

A ossada foi recolhida e ficou mais de um ano no Instituto Médico Legal de Araranguá, aguardando pelo exame de DNA para confirmar a identidade, o que aconteceu na semana passada, quando o resultado chegou. Os restos mortais de Dorival foram entregues à família na quinta-feira da semana passada, dia 24 de agosto.

Ossada humana encontrada em terreno em Passo de Torres é liberada para família - Foto 1 de 3Ossada humana encontrada em terreno em Passo de Torres é liberada para família - Foto 2 de 3Ossada humana encontrada em terreno em Passo de Torres é liberada para família - Foto 3 de 3

Olá, deixe seu comentário para Ossada humana encontrada em terreno em Passo de Torres é liberada para família

Enviando Comentário Fechar :/