Rajadas de vento chegaram a 97km/h em Araranguá

.

Rajadas de vento chegaram a 97km/h em Araranguá

O evento climático deste domingo (16) deixou danos por onde passou. De acordo com o coordenador o regional da Defesa Civil SC de Araranguá, Sebastião de Souza, em Balneário Gaivotas e Maracajá houve destelhamentos. Em Araranguá, uma onda invadiu a faixa de areia e arrastou sete veículos, conforme levantamento preliminar. Também houve danos materiais em restaurantes e casas próximos da orla. As regiões atingidas foram: Barra do Torneiro e Balneário Rincão.
Ventos fortes tambem foram registrados no sul do estado. Em Araranguá, a velocidade registrada foi de aproximadamente 97 km/h. Com relação a forte onda na orla marítima do litoral do extremo sul, a Defesa Civil estadual avalia a possibilidade de o fenômeno ter sido um "tsunami meteorológico. De acordo com o meteorologista Leandro Puchalski, da Central RBS de Meteorologia, esse tipo de formação de onda já foi registrado em Florianópolis em 2009. Segundo Puchalski, isso ocorre quando uma quantidade de nuvens carregadas avança rapidamente.
A região da Tubarão foi a mais atingida. A coordenadora da Defesa Civil de Tubarão, Elna Fátima Pires, confirmou a morte de uma criança na tarde deste domingo em decorrência das chuvas e vendavais que atingiram o Sul catarinense. Segundo a coordenadora, a criança, com idade entre 7 e 8 anos, estava em um carro atingido por duas árvores o bairro São João.

Bombeiros retiraram o corpo da criança, que foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), segundo Elna. O pai da criança - que seria uma menina, segundo a coordenadora - foi hospitalizado em estado de choque. Também há informações de pelo menos três pessoas desaparecidas na cidade, mas a coordenadora não soube precisar os locais. Ainda, dois homens estão desaparecidos. Eles estavam em um pequeno barco no rio Tubarão. 

Uma Sala de Situação está sendo montada no Corpo de Bombeiros Militar de Tubarão. O secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli e quatro coordenadores regionais atuam na região para avaliar dos danos e prejuízos. O CBM está com a equipe no local avaliando a necessidade de para manter ou ampliar a mão de obra disponível para o atendimento do evento. A defesa Civil SC enviou um caminhão com 15 rolos de lona para Tubarão.

Colaboração - G1/SC

Olá, deixe seu comentário para Rajadas de vento chegaram a 97km/h em Araranguá

Já temos 2 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Carlos Carlos

Carlos Carlos

Puts... Cada uma.. bahhh
★★★★★DIA 23.03.17 10h24RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Maurina Vicente

Maurina Vicente

Realmente triste td isso no brasil nos brasileiros estamos passando por tantas situacoes dificio nao sabemos se daqui alguns segundo o que vai acontecer Deus tem o universo na palma da mae dele se está acontecendo ele tem permitido para que o homem saiba que e ele que tem a ultima palavras em tudo e todas as coisas!! Eu so quero dizer muito obrigado Deus por td !!!
★★★★★DIA 17.10.16 16h23RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/